O que nos motiva

nova pagina
2017
Há num novo paradigma de aprendizagem que envolve a própria reorganização das diversas instituições implicadas em todo o processo educativo, a partir do qual se perspectiva o ensino e a investigação em Arquitectura e em Urbanismo. A necessidade de criação de espaços inéditos de investigação e de inovação, mais conformes à própria prática da arquitectura contemporânea, decorre daí. Esta é a razão porque algumas Escolas de Arquitectura decidiram associar-se para criarem um espaço colectivo de reflexão, discussão e investigação nos domínios da Arquitectura e do Urbanismo. Geograficamente, não foram definidos limites. Culturalmente, circunscreveu-se aos povos e países que fazem uso da língua portuguesa o território desta associação. Meio milénio de convivência cultural assegura-nos que há um espaço comum aberto e criativo que é possível explorar a vários níveis e em diferentes aspectos, mas sempre na perspectiva do enriquecimento mútuo e na afirmação de um genuíno espaço de lusofonia. Estes, aliás, são os objectivos da Academia de Escolas de Arquitectura e Urbanismo de Língua Portuguesa.