Quem somos

nova pagina
2017
A língua portuguesa aproxima-nos na medida em que, como lusófonos, partilhamos uma mesma concepção do mundo descrito e explicado. Isso não impede que, com os diferentes usos, se revelem os significados das expressões regionais e locais. E a função poética torna-se, assim, ponto de encontro certo e veículo das sensibilidades que os espaços e os lugares manifestam nas diversas comunidades. Poder-se-á, por isso mesmo, também dizer que o património construído, pelo modo de sentir que é comum ao espaço lusófono, se expressa eloquentemente através da Arquitectura e do Urbanismo.