ApresentaĆ§Ć£o

nova pagina
2018
O júri da VIII Biena Iberoamericana de Arquitetura e Urbanismo, promovido pelo Ministério do Fomento do Governo Espanhol, distinguiu um total de 26 obras arquitectónicas e de desenvolvimento urbano como as melhores da Latioamérica, Portugal e Espanha dos últimos dois anos. De entre os finalistas foram premiadas seis obras construídas em Portugal, cinco em Espanha, três obras do Brasil, outras três do México, duas da Argentina, duas da Colômbia, duas do Paraguai, uma do Chile, Equador e Venezuela. A selecção incluiu projectos de habitação unifamiliar e coletiva e tanto de promoção pública como privada; equipamentos desportivos, educativos e de lazer; espaços museológicos; intervenções de reabilitação de edifícios; intervenções de renovação urbana e um hotel-restaurante.
Paralelamente à selecção de obras, a VIII BIAU premiou também três livros, três publicações periódicas e um programa radiofónico na categoria de publicações, entre 230 publicações pré-selecionadas. Foram igualmente reconhecidas, entre um total de 72 propostas, os quatro melhores trabalhos de investigação no âmbito da Arquitetura e Urbanismo.